Educação disruptiva: o futuro do aprendizado no presente da sua empresa

O novo cenário pede uma transformação corporativa, sua empresa está preparada?

 

Todo mundo está falando no novo “normal”, mas a gente sabe que o velho “normal” já era um conceito obsoleto (se é que ele existiu, concorda?!). E para acompanhar a evolução em que os profissionais buscavam e, agora, estão ainda mais empenhados em se aprimorar, as empresas precisam acelerar a velocidade com que avançam também. Se pararmos para pensar, o nosso novo contexto vai ser, em sua essência, disruptivo porque nasce de uma ruptura entre o que estávamos acostumados e o totalmente desconhecido. E não faz nenhum sentido a educação continuar a mesma.

Mas o que é educação disruptiva e como ela pode ser a ferramenta da sua empresa para chegar ao futuro junto com seus colaboradores? Vem descobrir com a SPUTNiK!

Fuja do óbvio: o futuro é criativo e híbrido! 

 

A SPUTNiK surgiu para provocar mudanças no universo corporativo através da aprendizagem, e a gente consegue fazer isso porque ajudamos as empresas a trazer temas do futuro para o presente. Isso quer dizer que os métodos tradicionais de educar são transformados porque, afinal, se o mundo segue mudando a cada minuto, a educação tem que seguir o mesmo ritmo. E uma das palavras que mais define essa mudança que ajudamos a construir nas empresas é disrupção.

Há não muito tempo atrás, os alunos saíam da sala de aula direto para ser a força de trabalho nas fábricas, um processo mecânico de realização de tarefas predeterminadas. Hoje, o aprendizado é uma experiência fluida e multidisciplinar, com habilidades que você aprende ao longo da vida  e outras que vai adquirindo a partir do que compartilha com os outros. Quando os profissionais e as empresas entendem que todo o repertório de experiências que trazemos são, por si só, um processo amplo e denso de aprendizado, todos concordam que a ideia de aprender apenas entre as quatro paredes da escola já não faz mais sentido nenhum. E é exatamente aí que a educação disruptiva ganha força para ser esse novo motor que a engrenagem do conhecimento pede.

O que raios é educação disruptiva?

 

A cada ano, as empresas gastam bilhões em treinamento e educação de suas equipes, mas esse investimento não tem retorno muitas vezes porque os profissionais estão desmotivados. E o que acontece? Voltam rapidinho a trabalhar do antigo jeito que estavam acostumados, jogando o que seria um novo aprendizado por água abaixo. Várias barreiras gerenciais e organizacionais, falta de clareza estratégica, cultura organizacional antiquada e arbitrária, ambiente politicamente carregado e conflitos internos são alguns dos muitos fatores que impedem a disrupção acontecer de verdade em muitas corporações.

Nessa hora, é preciso um olhar atento ao que deu errado, e a educação disruptiva pode ser a resposta. Porque abordagens tradicionais ao desenvolvimento da equipe não atendem mais às necessidades das organizações ou indivíduos.

A educação disruptiva é o que sua empresa precisa para enfrentar os desafios do futuro que já chegou. Ela rompe com os padrões enraizados para melhorar o que existe e criar novos formatos de aprendizado dentro e fora das organizações. Falamos ali no início sobre aprender ao longo da vida, e as nossas descobertas sobre o Lifelong Learning só mostram o quanto essa ruptura com o tradicional é revolucionária!

A disrupção leva à inovação das técnicas de aprendizado, da liderança e cultura corporativa, dos processos colaborativos e, claro, do sucesso das empresas e dos profissionais. A aprendizagem disruptiva é uma nova maneira de pensar sobre conhecimento e desenvolvimento, por isso é essencial analisar primeiro o design organizacional e os processos gerenciais para, em seguida, criar ferramentas de desenvolvimento individuais, como treinamento e educação on-off para implantar a mudança no ambiente empresarial. A educação com o objetivo de crescimento individual é valiosa, e as pessoas estão ansiosas por adquirir conhecimentos e habilidades que as ajudarão a avançar em suas carreiras. Imagina a sua empresa preparada para acompanhar essas pessoas, sendo um espaço de conversão, de troca e de evolução? Esse sim é o objetivo maior da educação disruptiva: propiciar o crescimento individual e coletivo com base em tudo o que um indivíduo vai inspirar o outro.

Na verdade, os sistemas organizacionais – que definem papéis, responsabilidades e relacionamentos – têm um forte impacto na mentalidade e no comportamento das pessoas, aumentando a motivação e a produtividade de todos porque cada profissional consegue enxergar a sua importância dentro do contexto global da empresa, e sente que não está sozinho.

Muitos profissionais (incluindo os que estão em posições de liderança), se dizem insatisfeitos com o aprendizado oferecido no ambiente de trabalho, e se não causarmos essa ruptura tão necessária para o nosso crescimento, as pessoas vão falhar mais do que prosperar.

Cenário favorável ao aprendizado

 

Agora que você já sabe o que é a educação disruptiva, temos que ressaltar que de nada adianta mudar o processo de conhecimento que oferece aos seus colaboradores se não mudar, também, o ambiente no qual todo esse novo caminho vai acontecer.

Mudança de mindset

É o que o mundo pede hoje e vai continuar pedindo amanhã, então a cultura da sua empresa precisa desfocar da horizontalidade, do fluxo autoritário de informações e distribuição de tarefas para mergulhar fundo no mar da troca: conhecimento, experiências, habilidades, opiniões. Assim, ao invés de hard skills (literalmente, aquelas mais duronas mesmo, que são tangíveis como a graduação e toda a teoria que aprendemos nos livros), chegou a hora de facilitar o desenvolvimento e valorizar as soft skills (até o nome sugere o que é mais leve, e muito mais relevante atualmente: atitude positiva, pensamento criativo, empatia, e por aí vai!). A facilitação, por exemplo, é um novo caminho para exercer uma liderança inovadora, quer saber mais? 

Motivação que leva à produtividade

Em um ambiente disruptivo, os profissionais se sentem engajados porque entendem que a empresa não se preocupa só com as próprias necessidades e objetivos, mas com a importância de cada um da equipe estar pronto para evoluir na carreira dentro e fora do ambiente de trabalho. Colaboradores motivados a aprender vão estar sempre com sede de inovação e vontade de produzir cada vez melhor. Mais do que isso, vão estar na empresa porque se sentem parte dela, e isso significa retenção de importantes talentos. Vem com a gente mudar o paradigma organizacional em prol dos melhores resultados.

Todos por todos!

Nesse novo cenário, a empresa vai além do famoso “um por todos e todos por um” porque valoriza o trabalho em time, a colaboração e o papel de cada um na transformação da própria organização. Parte da criação de um contexto favorável ao aprendizado é garantir que todas as áreas da empresa ofereçam um terreno fértil para a criatividade, considerando que cada área tem suas próprias necessidades e desafios. A educação disruptiva é, por natureza, completamente adaptável e mutável para se encaixar no perfil que sua empresa precisa. Desse jeito, vai ser fácil transformar sua equipe em um poderoso Squad!

A SPUTNiK não quer só te contar como a educação disruptiva vai transformar sua empresa, mas quer fazer essa mudança junto com você, vem bater um papo com a gente.