A partir do momento em que seus colaboradores e líderes começam a agir guiados pela mentalidade ágil, surge uma nova e produtiva forma de enxergar o trabalho

 

A transformação ágil já começou. Em um mundo volátil, que muda a todo segundo, não é mais possível seguir receitas e fórmulas prontas para alcançar o sucesso. Junto com o mundo, as pessoas estão, cada vez mais, se transformando e aprimorando suas habilidades, adquirindo outras novas e revolucionando o mindset individual e coletivo. Vamos falar então sobre o mindset ágil, que é focado em resultados. Mas, para chegar lá, um caminho produtivo e disruptivo precisa ser traçado. Como sua empresa vai fazer isso?                                                                                                                                                   

Homem parado em frente a duas possibilidades de caminhos

 

Neste post, você vai ler:

  • Qual o seu tipo de mindset?
  • Os pilares do mindset
  • Precisamos falar sobre mindset ágil
  • A natureza do mindset ági
  • Agilidade para transformar
  • Liberdade para reinventar
  • Mentalidade ágil versus mentalidade burocrática
  • Agile é a evolução

 

Qual o seu tipo de mindset?

O conceito moderno de mindset dentro da busca do sucesso foi criado pela psicóloga e professora da Stanford University Carol Dweck. De acordo com seus estudos, o mindset de cada indivíduo é o que o leva a ser otimista ou pessimista diante das inúmeras situações que ele enfrenta na vida, o que forma, portanto, dois tipos de mentalidade: a fixa e a progressiva.

No que Carol chama de mentalidade fixa, a definição se assemelha ao significado literal do nome. A pessoa só é capaz de desenvolver suas capacidades inatas, ou seja, se você não nasceu com alguma soft skill que quer aprender, não tem como você desenvolver essa capacidade. A insegurança não deixa esse indivíduo de mentalidade fixa adquirir novos conhecimentos porque ele julga ser muito difícil. Já na mentalidade progressiva, como o próprio nome sugere, o crescimento é a palavra de ordem. Acreditam que talentos e habilidades podem ser aprendidos todos os dias; mais do que isso, errar passa a ser uma etapa do desenvolvimento pessoal e profissional porque se consegue identificar os pontos positivos do processo e entender como reverter o que não deu certo. No mindset progressivo, todo esforço para superar obstáculos gera motivação, e quando se está motivado, fica muito mais fácil seguir em busca dos melhores resultados.

 

Os pilares do mindset

Daniel Goleman, pesquisador que trouxe ao mundo a importância da inteligência emocional, destaca que o mindset é a maneira com que a gente enxerga o mundo, e essa mentalidade é influenciada por quatro pilares. Começando pela biologia, as nossas limitações fisiológicas influenciam o nosso modelo mental e a nossa capacidade de interpretação. E quais são os outros alicerces do mindset?

Vamos lá! Goleman define a linguagem como o segundo pilar que forma o mindset humano por ser o meio que estrutura a consciência, a maneira como entendemos as coisas e transmitimos informações. Em seguida, temos a cultura, que também entra com um papel primordial para moldar o nosso mindset através dos grupos sociais nos quais estamos inseridos, a empresa em que trabalhamos, a cidade onde vivemos, os nossos costumes culturais, tudo vai influenciar a forma como pensamos e agimos. E a experiência pessoal é o último pilar que embasa a formação do mindset individual porque é o que trazemos em nossa bagagem, o que inclui não só as vivências, mas o background familiar, a raça, a condição social e por aí vai. Agora que já demos um panorama geral sobre o mindset propriamente dito, que tal avançarmos para como a mentalidade ágil pode transformar a realidade da sua empresa?

 

Precisamos falar sobre mindset ágil

Modelar a mentalidade da organização, o contexto de trabalho e como as pessoas atuam nesse cenário. O mindset ágil vai muito além de executar bem as tarefas, seguir protocolos e entregar resultados. Pensar com agilidade é fomentar a cultura do crescimento. E o que isso significa? Adotar o mindset ágil é entender que o aprendizado é o que vai guiar os colaboradores, a organização e tudo o que for relacionado à produtividade. A gente está sempre trazendo o Lifelong Learning como norte, pode parecer até repetitivo, mas o aprendizado ao longo da vida faz todo o sentido hoje para as empresas que querem continuar potentes amanhã.

A criação de metas e objetivos claros, dos quais todos no seu time estejam envolvidos, é o que impulsiona o mindset ágil porque, através de um plano bem elaborado, o aprendizado acontece de forma natural, é possível evoluir a partir dos erros e ter a organização como um lema. Por falar em erros, a mentalidade ágil enxerga nos ciclos curtos a oportunidade de identificar os erros mais facilmente e o quanto antes para tirar o aprendizado de todos eles. E isso tem tudo a ver com resiliência, outra característica muito forte do mindset ágil. Quando os profissionais se adaptam facilmente aos novos cenários, eles estão preparados para fazer a mudança acontecer. O esforço é também outro aspecto importante para implantar o agile na empresa porque é através da dedicação e da prática que o seu time vai dominar os processos e criar novas soluções.

 

A natureza do mindset ágil

A mentalidade Agile é um atributo dos praticantes mais do que dos teóricos. É mais pragmático e orientado para a ação do que uma filosofia que se aprende na teoria. Vai além de um conjunto de crenças e se torna uma ferramenta de diagnóstico e base para a ação. Esse mindset tende a ser construído com base no conhecimento da experiência adquirida a partir de um trabalho consistente, e trabalhado a partir das lições de tentar lidar com mudanças tangíveis.

A mentalidade Agile reflete formas de pensamento que se desenvolveram ao longo do tempo. É um certo tipo de mindset que enfatiza algumas coisas importantes em detrimento de outras que passaram a ser obsoletas. O objetivo é sempre continuar crescendo e evoluindo. Essa mentalidade reflete atitudes e pontos de vista que tendem a perdurar. Com o tempo, isso faz com que as pessoas sejam vistas como motores da inovação que se busca. O Agile é mais do que só uma mentalidade. Inclui muitos valores, princípios e práticas diferentes. Mas o que é importante é a inteligência humana, a sensibilidade e os valores que impulsionam esses processos, práticas e sistemas organizacionais. 

 

Agilidade para transformar

A revolução do gerenciamento ágil está transformando o mundo do trabalho. As empresas ágeis agora são capazes de entregar valor instantâneo. Caso você não tenha percebido, está tudo diferente. A mentalidade agile é o que define a revolução do ambiente corporativo porque faz com que os profissionais estejam constantemente preocupados em inovar e entregar cada vez mais valor ao cliente, em trabalhar em pequenas equipes auto-organizadas e em colaborar juntos em uma rede interativa. E as organizações que demonstram ter a capacidade de se adaptar rapidamente a um mercado em rápida mudança são as que saem na frente.

Adotar a mentalidade ágil, de acordo com Gary Hamel, considerado um “guru” de liderança dentro das organizações, é a essência da sobrevivência. E a chave é reinventar! 

“A administração tem que passar por algum tipo de experiência de‘ vale da sombra da morte’ para reconhecer que algo precisa mudar? Contrariando crenças populares, as pessoas lidam bem com mudanças, não são contra elas. Mas as empresas, às vezes, agem como se tivessem fobia da transformação.”

– Gary Hamel

Para Gamel, a estratégia não pode começar no topo da cultura organizacional, o processo tem que ser horizontal, democrático, coletivo. No gerenciamento baseado no mindset ágil, é preciso ser humilde, encarando todos os processos como uma tese que pode estar errada. E se estiver, dá para resolver a tempo. Ele diz que, pelo menos uma vez por ano, a empresa e seus profissionais precisam encarar situações com as quais se possa surpreender com o futuro, e isso significa escancarar as portas para algo que, há alguns anos atrás, não seria aceito na empresa, é se arriscar para estar ainda mais preparado para encarar novos desafios.

 

Liberdade para reinventar

Ainda trazendo os ensinamentos de Hamel, atitudes da empresa definidas por palavras como diferenciação e qualidade precisam estar alinhadas com aspectos mais alinhados com a natureza humana, como a verdade e a sabedoria. Se as empresas desejam construir uma vantagem econômica, as pessoas precisam de liberdade, e isso consiste em reinventar o controle. Os líderes precisam ser ideológicos, e no cerne da gestão, até mesmo no significado da palavra gerenciar, o controle precisa ganhar novos vieses. Assim, o bom senso e a ideia de coletividade e compartilhamento podem reinventar a forma com que profissionais, líderes e organização olham para o sucesso e para o que deve ser feito para se chegar lá.

“O futuro é surpreendentemente indiferente às nossas preferências, e as empresas perdem o futuro quando os líderes não conseguem dar baixa em seu capital intelectual depreciado, mas ainda podem fazer as grandes revoluções.”

– Gary Hamel

 

Mentalidade ágil versus mentalidade burocrática

Falamos neste post sobre o mindset fixo e o progressivo de Carol Dweck, mas quando falamos da mentalidade ágil, a burocracia pode ser uma pedrinha no sapato da empresa. E por isso Stephen Denning, autor de “The Age of Agile” e especialista em liderança estratégica, faz um comparativo interessante entre o mindset ágil e o burocrático.

Ele ressalta que não é que aqueles com uma mentalidade burocrática não se importem com o cliente: é que eles geralmente se concentram mais em ganhar dinheiro para a empresa e seus acionistas. Nem nunca usam equipes. Em um ambiente burocrático, as equipes auto-organizadas são a exceção, não a regra. Nem operam como uma rede em uma burocracia: o que acontece é que manter a pirâmide de camadas e divisões é visto como mais importante. Uma mentalidade burocrática, quando compartilhada por dezenas de funcionários, tende a criar um tipo de organização radicalmente diferente – e menos adaptável – do que aquela povoada por pessoas com uma mentalidade ágil.

Os gerentes com uma mentalidade ágil prestam atenção a certos tipos de informações, dados e preocupações. Eles analisam os problemas de maneiras específicas e tendem a buscar certos tipos inovadores de soluções com foco no valor para os clientes, trabalhando em pequenas equipes e operando como uma rede. Suas formas de pensar, perceber e agir são frequentemente adquiridas ao longo de anos de prática. Não devemos nos surpreender que a mentalidade Agile também não seja algo que pode ser adquirido durante a noite ou em um curso de treinamento de dois dias. É algo que vai sendo trabalhado com o tempo e se torna a essência da própria gestão com foco em ótimos resultados.

 

Agile é a evolução

O mindset ágil é, literalmente, o futuro das organizações, junto com a gestão da mudança, o Lifelong Learning e a educação disruptiva. Esse é o desafio que enfrentamos para manter o agile verdadeiramente ágil. O objetivo é reconhecer que precisamos obter e manter uma mentalidade ágil no dia a dia de trabalho, na forma com a liderança conduz a equipe, na reinvenção do relacionamento com o cliente e stakeholders. Se você tem a mentalidade agile e uma conexão incrível com seus profissionais e clientes, as coisas vão evoluir da maneira certa. 

A mentalidade ágil não está apenas nas metodologias ágeis, nos sprints, backlogs e processos. Para Stephen Denning, o que temos que mudar no paradigma de gestão é que, se temos uma equipe entregando, os gerentes trabalham para sua equipe. É trabalho dos líderes fornecer aos colaboradores o que precisam diariamente. Não é a equipe entregando aos gerentes. São os gerentes entregando à equipe, tudo é uma troca horizontal e coletiva. Trabalhar com o mindset ágil é ver uns ajudando os outros, compartilhando habilidades e experiências. As pessoas se entendem, encontram erros juntas e seguem evoluindo. Você adquire a mentalidade praticando, dia após dia, errando e acertando, numa progressão constante. Quer saber mais sobre como fazer o mindset ágil ser o pilar da sua empresa? A gente pode te ajudar nessa jornada!